Pular para o conteúdo
Início » Bacalhau à Gomes de Sá – A Clássica Receita

Bacalhau à Gomes de Sá – A Clássica Receita

O Bacalhau Gomes de Sá é uma obra-prima culinária que carrega o nome de seu criador, José Luís Gomes de Sá, um hábil cozinheiro português. Esse prato tradicional português é uma celebração do sabor marcante do bacalhau, combinado com ingredientes cuidadosamente escolhidos para criar uma harmonia de sabores que transcende gerações.

Neste artigo, vamos juntos mergulhar na história desse prato icônico e compartilhar a receita autônoma do Bacalhau Gomes de Sá.

A Origem do Bacalhau:

O Bacalhau é conhecido há séculos como uma importante fonte de alimento para diversas culturas. Sua história remonta à região do Atlântico Norte, onde o peixe era pescado em abundância e, devido às técnicas de secagem e salga, podia ser preservado por longas temporadas.

Os navegadores e pescadores vikings foram pioneiros na pesca do bacalhau, divulgando o conhecimento sobre o processo de secagem e salga do peixe. Posteriormente, as rotas comerciais e as grandes navegações determinaram a fama do Bacalhau para outras partes do mundo, como Portugal, Espanha e Brasil, onde ele se tornou uma estrela da culinária.

O Bacalhau Gomes de Sá é uma obra-prima culinária que carrega o nome de seu criador, José Luís Gomes de Sá, um hábil cozinheiro português. Esse prato tradicional português é uma celebração do sabor marcante do bacalhau, combinado com ingredientes cuidadosamente escolhidos para criar uma harmonia de sabores que transcende gerações.

Neste artigo, vamos mergulhar na história desse prato icônico e compartilhar a receita autônoma do Bacalhau Gomes de Sá.

A Inspiração por Trás do Prato Bacalhau Gomes de Sá

José Luís Gomes de Sá, um chefe de cozinha internacional, deu origem a essa criação magnífica em meados do século XIX. Sua busca por combinar o sabor único do bacalhau com ingredientes clássicos portugueses evoluiu em um prato que se tornou uma referência em Portugal e além.

Sua intenção era criar uma receita que celebrasse o sabor e a versatilidade do bacalhau, um ingrediente que desempenhasse um papel significativo na dieta e na cultura portuguesa.

Bacalhau

Preparando Bacalhau à Gomes de Sá:

Nível de dificuldade: Médio Tempo de preparo: 30 minutos Tempo de cozimento: 1 hora Rendimento: 4 a 6 porções

Ingredientes:

  • 500g de bacalhau dessalgado e desfiado (pode ser em lascas ou postas)
  • 500g de batatas cortadas em rodelas finas
  • 1 cebola grande cortada em rodelas finas
  • 3 dentes de alho picados
  • 1/2 xícara (120ml) de azeite de oliva
  • 1/2 xícara (120ml) de vinho branco seco
  • 1/2 xícara (120ml) de água
  • 1/2 xícara (120ml) de leite
  • 2 folhas de louro
  • Sal e pimenta a gosto
  • Salsinha picada para decorar

Modo de Preparo:

  1. Antes de iniciar o preparo, é importante dessalgar o bacalhau. Para isso, mergulhe-o em água fria por pelo menos 24 horas, trocando a água algumas vezes para retirar o excesso de sal.
  2. Pré-aqueça o forno a 180°C.
  3. Em uma panela grande, aqueça metade do azeite de oliva em fogo médio. Adicione as batatas cortadas em rodelas e cozinhe até processar levemente douradas. Retire as batatas da panela e reserve.
  4. Na mesma panela, acrescente o restante do azeite e refogue a cebola e o alho até ficar macio e dourado.
  5. Acrescente o bacalhau dessalgado e desfiado à panela e cozinhe por alguns minutos, mexendo delicadamente.
  6. Adicione o vinho branco e deixe-o evaporar um pouco.
  7. Em seguida, acrescente a água, o leite e as folhas de louro à panela. Tempere com sal e pimenta a gosto.
  8. Cozinhe o bacalhau em fogo baixo por cerca de 10 minutos, até que ele fique macio e cozido.
  9. Em um refratário, coloque uma camada de batatas cozidas no fundo e cubra com o bacalhau refogado.
  10. Leve o refratário ao forno preaquecido por aproximadamente 30 minutos, ou até que a superfície fique dourada.
  11. Retire o Bacalhau à Gomes de Sá do forno e decore com salsinha picada antes de servir.

Conclusão:

O Bacalhau é um verdadeiro tesouro das éguas que conquistou paladares em todo o mundo. Sua história rica e sua versatilidade culinária o tornam um ingrediente valorizado em diversas culturas. Experimente a receita clássica de Bacalhau à Gomes de Sá em sua própria cozinha e aproveite o sabor marcante e suculento desse peixe delicioso.

Delicie-se com a Diversidade! Explore Nossas Outras Receitas e Descubra um Mundo de Sabores. Não deixe de explorar as diversas opções culinárias que nosso blog tem a oferecer! De pratos tradicionais a criações modernas, há um mundo de sabores esperando por você. Clique aqui para embarcar em uma jornada gastronômica e expandir seu repertório de culinária. Aventure-se e permita que cada receita conte sua própria história através dos sabores!

BOM APETITE!

Bacalhau

Perguntas Frequentes sobre Bacalhau à Gomes de Sá

1. Como devo dessalgar o bacalhau corretamente?

  • O bacalhau deve ser dessalgado antes de ser usado na receita para remover o excesso de sal. O método mais comum é colocar o bacalhau em uma tigela com água fria e mantê-lo na geladeira por 24 a 48 horas, trocando a água a cada 6 a 8 horas. O tempo de dessalga pode variar dependendo do tamanho e da espessura do bacalhau. Lembre-se de que o bacalhau dessalgado deve ter um sabor menos salgado e uma textura mais suave.

2. Posso usar bacalhau fresco em vez de bacalhau seco e dessalgado?

  • O Bacalhau à Gomes de Sá tradicionalmente utiliza bacalhau seco e dessalgado, que possui um sabor e textura específicos. Você pode experimentar a receita com bacalhau fresco, mas isso resultará em um prato com características diferentes. O bacalhau fresco tende a ser menos salgado e mais úmido, o que pode afetar o resultado final. Se usar bacalhau fresco, ajuste o tempo de cozimento de acordo com a sua preferência.

3. Existem variações regionais do Bacalhau à Gomes de Sá em Portugal?

  • Sim, há algumas variações regionais do Bacalhau à Gomes de Sá em Portugal. Embora a receita básica permaneça a mesma, pequenas variações nos ingredientes e na forma de preparo podem ser encontradas em diferentes regiões do país. A receita que fornecemos é uma versão clássica e amplamente aceita.

4. Qual é a melhor qualidade de azeite para usar nesta receita?

  • Para uma receita autêntica de Bacalhau à Gomes de Sá, é recomendável usar azeite de oliva extra virgem de boa qualidade. O azeite de oliva desempenha um papel importante no sabor do prato, por isso escolha um azeite que você aprecie.

5. Quais são os acompanhamentos tradicionais para o Bacalhau à Gomes de Sá?

  • O Bacalhau à Gomes de Sá geralmente é servido por si só, como prato principal, acompanhado de uma boa fatia de pão crustoso para absorver o molho delicioso. No entanto, você também pode servi-lo com uma salada verde simples.

6. Posso fazer uma versão vegetariana do Bacalhau à Gomes de Sá?

  • Sim, você pode criar uma versão vegetariana do prato substituindo o bacalhau por uma alternativa vegetariana, como o bacalhau vegetal à base de proteína de soja. Siga a mesma receita, substituindo o bacalhau por essa alternativa e ajustando o tempo de cozimento conforme necessário.

O Bacalhau à Gomes de Sá é uma iguaria portuguesa tradicional que continua a encantar paladares em todo o mundo. Com sua rica história e sabor marcante, é uma receita que merece um lugar especial em sua coleção culinária. Experimente a receita clássica e aproveite a delícia do bacalhau em sua forma mais autêntica. Bom apetite!

Deixe uma resposta